Como punir o comportamentos inadequados no emprego

Discussão no emprego

Por em Empresas


As relações humanas são de extrema complexidade e sempre difíceis de solucionar, e quando tentamos resolve-las podemos acabar por piorar ainda mais a situação.

Para evitar que casos de indisciplina se sucedam numa empresa deve haver um código de conduta e este deve ser lido por todos. Em último caso pode optar-se por distribuir uma cópia por todos os trabalhadores para que não restem dúvidas, e para que toda a gente fique ocorrente da existência do mesmo.

Mesmo assim nenhuma empresa se livra de acontecimentos menos felizes, e o importante é conseguir diminuir esses comportamentos, testemunhá-los e tentar perceber porque eles acontecem.

Cursos de Formação com Desconto →

Atribuir uma punição de cabeça quente poderá agravar uma situação crítica, fazendo com que os acontecimentos seguintes se tornem cada vez mais graves e a vida dessa pessoa fique deteriorada dentro e fora da empresa.

Para conseguirmos punir alguém exemplarmente temos que perceber os contornos todos primeiro.

Perceber as circunstâncias

Resolver as coisas precipitadamente é como querer tapar o sol com a peneira, por isso é necessário primeiro que tudo chamar a pessoa responsável por tais atos e reunir com ela em privado. Nessa conversa é preciso tentar equilibrar as balanças no sentido de não reunir apenas com o único objetivo de criticar e punir mas tentar perceber o que motivou tais atos.

Muitas vezes os atos de indisciplina são consequências de outros problemas que a pessoa tem como por exemplo familiares, demasiada pressão, depressão ou pode ter sido apenas um mau dia.

Só percebendo as verdadeiras razões sem partir de imediato para a crítica e sem tomar posição por qualquer lado é que conseguimos chegar a um entendimento feliz e a uma punição correta.

Perceber os limites

Quando há problemas disciplinares numa empresa tenta-se resolver logo a questão à frente de todos e no calor do momento, e isso mais tarde vem-se a comprovar que é errado e só vai deteriorar as relações e o bem-estar no local de trabalho. Se a discussão acontecer entre um empregado e um seu superior, pode tornar-se ainda mais grave porque este último pode sentir-se bem e confortável devido à posição que tem dentro da empresa e provocar uma resposta mais viril do trabalhador. Este último não irá conseguir absorver toda a informação no calor do momento e as respostas que irão surgir serão ríspidas e sem pensar nas consequências. Nestes casos quem decide as punições deve tentar reunir com cada uma das partes em privado e sem tomar qualquer posição deve na mesma compreender os contornos, compreender também que no calor da discussão dizemos coisas sem pensar e depois disso aplicar uma sanção adequada sem que isso possa despoletar casos mais graves no futuro.

Não é fácil resolver conflitos no local de trabalho, mas com alguma dose de compreensão e vontade em perceber o que aconteceu tudo se resolve com mais eficácia.

Nós ajudamos a encontrar
o emprego certo para si.

Nós ajudamos a encontrar os
candidatos certos para a sua empresa.