3 Dicas para gerir o seu tempo

Mulher Relaxada

Por em Aconselhamento


O tempo é considerado por muitos um bem precioso que não deve ser desperdiçado, e o desemprego faz muita gente desperdiçar tempo e dias da sua vida que nunca mais serão recuperados. Mesmo estando no desemprego é possível gerir melhor o tempo para fazer mais e melhor, nem que seja para estudar, ir a empresas, ir ao Centro de Emprego, etc.

Definir prioridades e seguir à risca um plano de tarefas é meio caminho andado para conseguir gerir o tempo com mais eficiência, mas ainda assim é preciso fazer mais para que o nosso dia renda com mais qualidade.

Hoje vamos fornecer-lhe três dicas úteis para gerir melhor o seu tempo – tome nota.

Cursos de Formação com Desconto →

Tire valor de cada minuto

No seu tempo deve mandar você mesmo, por isso não faça os outros perderem o tempo deles nem que eles o façam perder o seu.

Divida o seu dia em tarefas que tem que fazer e ao fim de duas semanas analise esse calendário e aponte as tarefas em que o seu tempo foi bem gasto e aquelas em que foi mal gasto. Irá chegar à conclusão que perde bastante tempo em tarefas que não lhe trazem grande valor e onde perde demasiado tempo que podia atribuir a outra tarefa.

Tire mais tempo para si, para a família, para as coisas que gosta de fazer em vez de estar a perder tempo com coisas insignificantes que não irão trazer valor à sua vida pessoal ou profissional num futuro próximo.

Tire tempo para focar-se

Numa empresa o nosso raciocínio é facilmente perturbado por colegas de trabalho, por telefones a tocar ou até mesmo por um cliente, mas também os desempregados podem não conseguir focar-se no que realmente é importante para eles na aflição de terem que conseguir arranjar um emprego.

É importante tirar pelo menos 30 minutos por dia para pensarmos realmente no que estamos a fazer, se é o correto, se é o mais lógico, se vai realmente trazer valor à nossa vida e se não existe alguma coisa que possamos fazer diferente para que não percamos tanto tempo.

Procrastinação

A procrastinação impede profissionais ou desempregados de atingir objetivos por medo, por terem demasiado trabalho, por estarem pressionados ou pouco preparados, e isso faz com que se perca demasiado tempo e os resultados não sejam os adequados – ou mesmo nenhuns.

As desculpas para estar sempre a adiar alguma coisa, o deixar tudo para a última, o não querer assumir maiores responsabilidades na execução de uma tarefa, são tudo “sintomas” que revelam procrastinação e que devem ser assumidos e ultrapassados.

Para conseguir ultrapassar o problema será preciso redefinir os seus parâmetros sobre o que é uma vantagem ou uma desvantagem em adiar ou não alguma tarefa. Se não quer ter o sentimento de culpa porque deveria estar a concluir uma tarefa em vez de estar a fazer outra coisa menos produtiva para a sua vida, é importante que defina o que é importante naquele momento para si.

Vamos a um exemplo

Você definiu para si que tinha que enviar pelo menos 5 currículos por dia pela Internet.

Vantagens em fazer a tarefa de imediato

  • O resto do dia poderá fazer outra tarefas;
  • Não tem mais a preocupação de ter que se lembrar de enviar os currículos durante aquele dia;
  • Vai sentir-se melhor consigo próprio por se ter comprometido e cumprido tal tarefa;
  • etc.

Desvantagens em não concluir a tarefa de imediato

  • Poderá ter que interromper outras tarefas para fazer esta;
  • Vai andar o dia todo com uma sensação de dever por cumprir;
  • Poderá esquecer-se ou deixar mesmo de concluir a tarefa;
  • etc.

Conseguindo gerir a procrastinação vai conseguir ser mais produtivo e ao mesmo tempo não irá desperdiçar tanto tempo. Procure levantar-se cedo e concluir algumas tarefa logo de manha e verá que o seu dia correrá bastante melhor, e com tempo de sobra faça o que mais gosta.

Nós ajudamos a encontrar
o emprego certo para si.

Nós ajudamos a encontrar os
candidatos certos para a sua empresa.