Nem um bom salário atrai trabalhadores para a Indústria Aviária do Reino Unido

Pintos

Por em Notícias


A preocupação instalou-se na indústria aviária do Reino Unido, apesar dos salários elevados ninguém quer aceitar emprego para analisar o sexo dos pintos.

São cerca de 45 mil libras por ano que a indústria aviária britânica está disposta a pagar a quem aceitar um emprego que tem como função tentar saber o sexo dos pintos. Apesar da oferta salarial ser tentadora a função requer bastante destreza e uma aprendizagem que pode demorar até 3 anos.

Num aviário com milhares de aves minúsculas não será fácil manter a concentração e relaxar um pouco, afinal é preciso contabilizar o sexo de cerca de 700 a 1300 aves por hora.

O jornal The Times explica que esta oferta já foi publicada em anos anteriores e com carácter de urgência, mas que mesmo assim não houve candidatos suficientes para suprimir as necessidades deste setor.

Nós ajudamos a encontrar
o emprego certo para si.

Nós ajudamos a encontrar os
candidatos certos para a sua empresa.