Como sobreviver num emprego que odeia?

Zangado

Por em Aconselhamento


O ódio é um sentimento estranho que nos atravessa quando nos levantamos para ir para um local onde não queremos estar, é frustrante e pode levar-nos até uma depressão num instante.

Infelizmente este é um drama que cada vez mais assola a sociedade e que se agravou nos últimos anos devido à crise. Não é um ódio de morte mas pode corroer as relações profissionais e até mesmo de amizade entre colegas, amigos e familiares.

Apesar de não ser uma situação nova cada vez afeta mais profissionais, e tem vindo a crescer e a aumentar a infelicidade de muitos deles. Sempre houve pessoas desagradadas com o seu emprego no entanto hoje torna-se mais difícil largá-lo uma vez que as oportunidades no mercado são cada vez mais escassas.

Cursos de Formação com Desconto →

Muitos estudos já foram feitos para avaliar o impacto do emprego na vida das pessoa, e todos eles comprovaram que mais de 60% dos inquiridos não é feliz no trabalho, e isso depois reflete-se na sua vida quotidiana.

Como você pode alterar este cenário?

Misture o trabalho com amizades

Apesar de ouvirmos dizer recorrentemente que não devemos misturar o trabalho com amizades, a verdade é que existem estudos que apontam para uma convivência mais saudável e feliz quando temos amigos no trabalho, sejam eles de longa data ou amizades decorrentes do mesmo.

Faça uma gestão da sua energia

Trabalhar num emprego que não se gosta pode ser extremamente desgastante fisicamente e psicologicamente. Para tentar abstrair-se dos maus sentimentos descubra situações positivas no seu trabalho e agarre-se a elas. Se anda a perder tempo e energia com pessoas que não gosta ou não o/a fazem sentir bem, procure estreitar mais as relações com outras pessoas que lhe dizem mais.

Tire tempo para si

Seja durante ou após o horário laboral é importante você não se fechar dentro de si e procurar tirar tempo para fazer o que mais gosta. Isso implica parar de pensar no trabalho e ocupar a sua mente com outras coisas mais alegres como ler, passear o seu cão, ir ao ginásio, estar com os amigos, etc.

Assuma o risco de ser feliz

Se tiver que se demitir para ser feliz e conseguir sustentar-se com algo que goste de fazer não olhe para trás. Milhares de pessoas em todo o mundo o fizeram e tiveram sucesso, e acima de tudo conseguiram ser mais felizes apesar das dificuldades que surgiram após uma decisão tão importante nas suas vidas.

Nós ajudamos a encontrar
o emprego certo para si.

Nós ajudamos a encontrar os
candidatos certos para a sua empresa.