Descreve uma decisão difícil que enfrentaste e como a resolveste – Como responder

mulher a ser entrevistada por mulher num escritório

Por Ofertas de Emprego em Aconselhamento 01-05-2020


Quando te perguntam “Descreve uma decisão difícil que enfrentaste e como é que a resolveste?” estão a querer perceber como é que lidas com situações de stress e o nível do teu pensamento crítico. Como nos comportamos no passado é um forte indicador para comportamentos no futuro.

Se encaras esta pergunta como uma ameaça então estás a ver a coisa de forma errada, e se respondes nesse tom vais deitar tudo a perder. Tens que ver isto como a derradeira pergunta, o golden ticket das questões que te podem fazer.

E porquê?

É aqui que podes brilhar, fora de todas as competências técnicas, é a altura certa para mostrar como tens capacidades de resolução de problemas e bom pensamento crítico, de forma a causar um bom impacto na empresa.

Como é que te podem fazer estas pergunta:

  • “Quais são as escolhas mais difíceis que tens que fazer no teu emprego actual?”
  • “Alguma vez tiveste que tomar uma decisão mesmo complicada no teu emprego?”
  • “Lembras-te qual foi a decisão mais difícil que tiveste que tomar no teu antigo emprego?”

Há várias formas de fazer a mesma pergunta, basicamente querem saber quando e como é que resolveste uma situação complicada.
Não te preocupes, neste artigo vamos ajudar-te a criar a tua própria resposta e a conseguir a melhor resposta possível.

Pontos importantes a ter em conta:

1. Escolhe o desafio certo

Nunca é demais dizer que é muito importante ir preparado para uma entrevista e aqui consegues perceber porquê. Se costumas ficar nervoso numa entrevistas não sigas a abordagem “logo se vê”, porque o mais provável é que na altura vás acabar por contar uma situação que nem foi assim tão complicada de resolver.

Tens que escolher uma estória que mostre o teu potencial todo, como foste bem-sucedido em resolver um conflito ou um problema e como isso teve um bom impacto na empresa e com o teu patrão.

2. Falar de como pensaste nas opções.

Resolução de problemas não é uma coisa assim tão fácil, o recrutador quer perceber como é que foi o teu raciocínio, se percebias que havia vários caminhos que podias ter escolhido, qual é que escolheste e porquê.

3. Diz como escolheste a opções.

Por fim e depois de avaliar as opções, mostra como acabaste por tomar uma decisão e porque é que escolheste seguir um determinado caminho.
O que não fazer:

Exemplos de como responder:

“As decisões que tenho tido que tomar como líder de uma equipa são difíceis, apenas porque essas decisões demoram mais tempo e requerem muita comunicação entre os membros da equipa. Por exemplo, no último projecto que fizemos, eu e os meus colegas tivemos que fazer várias escolhas sobre como usar nosso orçamento, que era muito limitado. Como essas decisões envolveram muitas conversas em grupo, a nossa equipa aprendeu a comunicar com melhor uns com os outros, e acredito que finalmente tomamos as melhores decisões para a equipa.”

Esta reposta funciona porque estás a indicar tudo o que se deseja, reflectes na situação em que estavas, descreves o que era preciso fazer, explicas que acção foi tomada e concluis com uma análise do resultado. É, por isso, uma resposta completa.

“Tenho alguma dificuldade em tomar decisões quando tenho todos os factos para tomar essa decisão. Por exemplo, recentemente tive um problema em que um dos nossos sistemas estava sempre a falhar e o meu chefe mandou-me arranjá-lo o mais rápido possível. Consegui arranjar, mas sabia que se não percebesse a origem do problema, certamente iria acontecer outra vez. Depois do arranjo temporário, pedi ao meu chefe se podia estar mais tempo de volta do sistema para perceber porque é que estava sempre a falhar e conseguir uma solução para o reparar que resultasse a longo prazo.”

“Como chefe de equipa, uma das decisões mais difíceis que tive que tomar foram os despedimentos. Antes de tomar qualquer decisão, pondero muito bem os prós e contras para a empresa e para os colaboradores. Apesar e ser das piores decisões que tenho que tomar no meu emprego posso dizer que não me mete medo. Há uns anos tive que despedir alguns colegas, devido á crise que estávamos a atravessar. Foi uma decisão difícil mas que no fim das contas era a necessária para que a empresa se mantivesse aberta.”

Exemplo de como não deves responder

“Não gosto muito de tomar decisões, por isso é que todas as decisões que tomo são um pouco difíceis. Prefiro que me dêem coisas para fazer e ter outras pessoas que tomem as decisões por mim. Não me vejo com a responsabilidade de ter que tomar decisões no trabalho”

Pontos-chave

  • Revê estes exemplos e pensa em como os podes adaptar a ti.
  • Reconhece as tuas decisões, explica como é que tomaste uma determinada decisão e toda a lógica por trás.
  • Foca-te nos positivos, conclui a tua resposta de uma decisão difícil com uma conclusão positiva para todos.