5 Benefícios duma carta de apresentação

escrever carta

Por Ofertas de Emprego em Carta de Apresentação 10-03-2020


Hoje em dia, com tantos currículos que as empresas recebem, precisas de te destacar da forma mais positiva, e para isso, uma carta de apresentação bem escrita e direccionada à empresa, é talvez das melhores formas de mostrares o teu empenho.
Uma boa carta de apresentação mostra quem és, porque és o ideal para a empresa e que sabes para quem estás a falar. E claro, tens mesmo que te comprometer na sua execução, não basta ser um template tirado da internet. Todos conseguem fazer isso e seguramente que muitos recrutadores já viram essa mesma carta mil vezes.

O melhor mesmo, é dar um extra de ti e fazer uma para cada posição/empresa a que estás a concorrer, ou seja, tem que ser específica para aquela oferta de emprego, centrada nas tuas competências e o que podes trazer para a empresa.

1. O recrutador está à procura de quem se destaca

Só o facto de enviares uma carta de apresentação, mesmo que a empresa não peça, vais ter um lugar de destaque. É a altura de brilhar! Coloca sempre o título (Director, Presidente, Doutor, etc.) seguido do nome da pessoa a quem te estás a direccionar, é a pessoa que tem o poder de decisão, se contrata ou não, e este esforço extra irá certamente fazer toda a diferença.

2. O teu currículo é factual, a carta de apresentação é pessoal

Como sabemos, fazer um currículo não é a tarefa mais fácil, o que colocar para mostrar todo o nosso potencial pode ficar perdido na informação resumida que colocamos. É por isso que fazer um CV simples e atractivo é muito positivo, mas uma carta de apresentação vai alavancar as tuas possibilidades de ser escolhido para uma entrevista.

É aqui que podes contar a tua história profissional de uma forma mais pessoal, de forma a dar ênfase às competências que foste adquirindo e que se enquadram perfeitamente na empresa. Dá vida ao teu currículo!

3. Destaca-te

Não há nada que impressione mais que uma carta bem escrita, verifica sempre a ortografia e gramática. Queres destacar-te pelo positivo e não pelo negativo. Este esforço normalmente é reconhecido, e dá-te mais oportunidades de veres retribuído o esforço com um contacto.
Se escrever não é a tua especialidade, começa por escrever sem te preocupares muito com a gramática e mais porque é que tu, e mais ninguém, és a melhor adição para a empresa. Depois pede a alguém que te ajude a corrigir os erros que o texto possa ter.

4. Mostra que sabes tudo sobre a empresa

Antes de começares a escrever, faz uma pesquisa profunda sobre a empresa, a sua missão e valores, sobre a posição para a qual te estás a candidatar, e faz uma lista de elementos que vais colocar na carta. Dá exemplos específicos do porquê de estares a concorrer àquela empresa, o que te despertou o interesse ou até as iniciativas da empresa que vão de encontro aos teus valores. Quem está do outro lado vai perceber que queres mesmo aquele emprego, ao contrário de tantos outros que só clicaram no botão “candidatar-se”, sem perceber bem para que emprego e empresa se estavam a candidatar.

E isto é positivo porquê? Os empregadores querem colaboradores empenhados e leais à empresa, esta táctica vai destacar-te como uma pessoa comprometida, e que pretende seguir uma carreira em vez de ser mais um emprego só para pagar as contas.

5. Partilha um pouco de ti e da tua personalidade

Partilhares um pouco de ti vai depender muito de como escreves, e se o emprego assim o permitir, podes ser bastante criativo quando estiveres a escrever a carta. Mas nunca te esqueças do mais importante, podes ser criativo mas focado! A carta deve ser clara, precisa e conciso, cuidado com os exageros e os auto-elogios, pode ser contraproducente, para que tenha o maior impacto possível.

Mantém sempre um tom profissional, não te esqueças que não estás a escrever para um amigo, podes usar a linguagem e tom que a empresa colocou na oferta de emprego e no site, sem nunca perder a tua essência.

 

Estas cinco técnicas vão ajudar-te na altura de te candidatares a uma oferta de emprego. Como falámos, um bom currículo é importante mas da forma como muitos se estão a candidatar via botões “candidatar”, podes e vais fazer toda a diferença de dispensares um pouco de energia para te destacares. Numa última análise, este esforço é para ti, e para o teu futuro.