Primeiro Emprego? Conheça as vantagens

Primeiro Emprego

Por em Começo


Conseguir o primeiro emprego é o que muitos jovens sonham para o futuro próximo, mas nem todos têm essa sorte.

Quem está à espera de conseguir o primeiro emprego tem uma série de vantagens que outros desempregados não têm. Sabendo quais são, é possível tentar junto de empresas procurar uma colocação em vez de esperar que surja uma oportunidade.

Para estar elegível deverá ter uma idade compreendida entre os 16 e 30 anos, não ter tido nenhuma relação laboral inferior a 6 meses e estar inscrito num Centro de Emprego (recomendado).

Cursos de Formação com Desconto →

Começo a procurar emprego por onde?

Esta é uma nova realidade que qualquer pessoa à procura do primeiro emprego enfrenta. É assustador pensar que existem milhares de pessoas cheias de experiência e competências sem emprego, e eu que acabei agora os estudos entro já no mercado de trabalho.

Cada caso é um caso e há empresas que procuram efetivamente jovens elegíveis para primeiro emprego. Umas para beneficiar de apoios do estado, mas outras procuram ensinar porque têm postos onde não conseguem colocar ninguém.

Nem todos os desempregados estão habilitados a certo tipo de funções e nem sempre os Centros de Emprego conseguem colmatar essas falhas, pelo que as empresas optam por formar dentro de portas quando não encontram no mercado.

Se está à procura do primeiro emprego pode iniciar a sua pesquisa pelo Centro de Emprego da sua região aquando da sua inscrição, nos jornais regionais, em empresas indicadas pela instituição de ensino que frequentou e finalmente pela Internet.

Existem dois caminhos que qualquer pessoa pode seguir, trabalhar por conta de outrem ou criar o próprio emprego, e para estes dois existem vantagens diferentes.

Trabalhar por conta de outrem

Normalmente este costuma ser o primeiro caminho que qualquer jovem opta. Isso acontece pela necessidade de adquirir experiência e por não ter ainda condições financeiras e maturidade profissional para criar o seu próprio negócio.

Os primeiros tempos serão de adaptação e aprendizagem, com algumas partidas dos colegas pelo meio. Nesta fase as responsabilidades são poucas, a pressão do erro também é diminuta e a exigência não são tão grandes. Normalmente é atribuído um responsável encarregado de ensinar este novo colaborador.

O IEFP atribui às empresas vantagens na contratação de desempregados à procura do primeiro emprego. Estes denominados Apoios à Contratação visam dispensar temporariamente as empresas de pagar contribuições à Segurança Social.

Também existem outros apoios de ordem financeira para incentivar as empresas a criar postos de trabalho. Estes apoios estão disponíveis para projetos de iniciativas locais de emprego.

Se decidir trabalhar por conta de outrem o IEFP não atribui qualquer incentivo ao próprio desempregado, apenas à empresa que o contratar. Se vir algum anúncio de uma empresa à procura de profissionais na sua área, tente entrar em contato com eles elucidando-os sobre as vantagens de contratar desempregados elegíveis para primeiro emprego.

Criar o próprio emprego

Este poderá ser outro caminho a seguir para um jovem que procura um primeiro emprego mas que encontra dificuldades em consegui-lo. Não é o caminho mais fácil para quem está a iniciar a vida profissional, mas não havendo outras alternativas é sempre uma escolha válida e de lisonjear.

Os apoios para criação do próprio emprego estão qualificados como de Empreendedorismo pelo IEFP, e podem ser sob a forma de prestações de subsídio de desemprego antecipadas, linhas de crédito de programas específicos e micro-crédito.

Nós ajudamos a encontrar
o emprego certo para si.

Nós ajudamos a encontrar os
candidatos certos para a sua empresa.