O que é e como sair da sua zona de conforto

Mulher só

Por em Aconselhamento


Estar confortável num local de trabalho ou numa determinada área profissional, baixando a guarda, poderá trazer alguns dissabores no futuro.

Quantos de nós nos acostumámos a ter sempre as mesmas condições profissionais sem nunca termos exigido mais, principalmente a nós próprios? Estar confortável numa altura em que o mercado de trabalho é tão volátil e onde existe tanta procura, não é uma boa estratégia.

Um colaborador que se deixa levar pelo conformismo e o conforto, poderá ter sérios problemas no futuro caso o seu lugar esteja em perigo, ou até mesmo caso seja despedido.

Cursos de Formação com Desconto →

O estado de conforto não deve nunca impedir o desenvolvimento pessoal e aquisição de novas competências. Estar atento ao mercado com ênfase na área onde se atua, é fundamental para acompanhar as evoluções e transformações que nele vão ocorrendo, prevenindo quaisquer imprevistos que possam acontecer. A pessoa deve também criar expetativas, ter os seus próprios sonhos, definir metas profissionais, estar aberto a novas ideias e métodos de trabalho, inovar e saber lidar com a opinião dos outros.

Uma grande caraterística das pessoas empregadas que estão na sua zona de conforto é a hostilidade e tom de superioridade. Sempre ouvimos dizer que a idade é um posto, e muitas pessoas levam isso demasiado a sério, e são rudes para quem chega mais tarde e é mais novo.

Mas não é só no emprego que existe a zona de conforto, também quem está desempregado vive o mesmo problema. Estar no conforto do lar não é a principal solução para encontrar emprego, e manter sempre as mesmas rotinas só vai dificultar ainda mais o dia-a-dia.

A zona de conforto também se pode aplicar à área profissional que cada um de nós. A escola ensinou-nos a seguir uma orientação e a definir aquilo que queremos fazer quando somos grandes, mas a vida real pode trocar-nos as voltas. Neste momento em Portugal existem milhares de pessoas que seguiram estudos numa determinada área e que agora não encontram colocação, assim como outras pessoas que trabalharam anos numa profissão que hoje não tem vagas.

Será necessário quebrar essas amarras e seguir noutro caminho que não aquele que um dia idealizámos para a nossa vida profissional, e arriscar numa das duas soluções possíveis, emigrar, ou sair da zona de conforto e abraçar outra área ou outra profissão que tenha mais oferta.

Nós ajudamos a encontrar
o emprego certo para si.

Nós ajudamos a encontrar os
candidatos certos para a sua empresa.