Reforma antecipada: Sim ou não?

Senior Confuso

Por em Aconselhamento


Hoje milhares de portugueses colocam a si mesmos esta questão: Devo reformar-me antecipadamente?

Se por um lado perdem benefícios do outro ganham tranquilidade e mais saúde.

Nunca é fácil decidir se já chegou o nosso momento e muitos acabam por reformar-se devido à pressão que é exercida principalmente pelos meios de comunicação social. O medo está instalado, os profissionais seniores têm consciência que o mercado de trabalho está difícil mas que para eles ainda está pior por causa da sua idade.

Cursos de Formação com Desconto →

Para estas pessoas existem três caminhos possíveis:

  • Tentar encontrar um trabalho que requeira experiência numa função muito técnica que seja difícil encontrar no mercado profissionais capazes;
  • Arriscar criar o seu próprio negócio;
  • Pedir a reforma antecipada sujeitando-se aos cortes que daí advêm.

Nenhuma das saídas é a ideal e cada caso é um caso. Independentemente da sua opção consulte os seus familiares e amigos para obter outras opiniões.

Mesmo perdendo dinheiro o que é que eu ganho em pedir a reforma antecipada?

Saúde

Uma das coisas que irá ganhar de certeza é saúde porque irá ter mais tempo para poder praticar exercício físico e atividades que de outra forma não teria vontade, tempo ou dinheiro para fazer. Também poderá ganhar outro fôlego financeiro por não ter que se deslocar para o trabalho ou então porque a sua vida agora é mais calma e a sua saúde estabilizou.

Tempo

A reforma permite-lhe ter mais tempo para os seus e também para fazer as coisas que mais gosta. É importante estar ativo e participar em outras atividades para que a sua vida não se torne monótona.

Paixão pela vida

Quando estamos a trabalhar não nos apercebemos o quanto a vida é bela, que existem lugares fantásticos no nosso país para visitar, que andámos anos a fio a trabalhar e não gozámos nada, que nunca tivemos folga financeira para poder dar uma escapadinha, que a Europa é já ali e não custa assim tanto, etc, etc. Aproveite para gozar aquilo que não pôde no passado e sobretudo seja mais feliz com a vida.

Está empregado ou ainda longe da reforma?

Quem está empregado também pensa na reforma mas com outra segurança a não ser que esteja a ser empurrado para a rescisão ou layoff. Só mesmo se gostar muito do seu trabalho é que não vê razões para não querer reformar-se se a sua idade já permitir.

Quem está às portas da reforma mas ainda tem uns anos pela frente terá que ir vivendo ao sabor do país e com aquilo que ele nos dará nos próximos anos. Os indicadores são positivos mas ténues face ao enorme desemprego e dívida que o país ainda tem.

Vá espreitando as oportunidades que surgem e tente ir mantendo alguma atividade profissional mesmo que temporária ou em part-time.

Nós ajudamos a encontrar
o emprego certo para si.

Nós ajudamos a encontrar os
candidatos certos para a sua empresa.