As armadilhas de contratar amigos ou familiares

Reunião Informal

Por em Aconselhamento


Quando temos um negócio a florescer e queremos continuar a ter sucesso é normal precisarmos de novos colaboradores. Em Portugal como o desemprego é elevado também é normal que amigos ou nossos ou familiares estejam desempregados e que queiramos ajudar-nos, mas nem sempre é a melhor solução.

Por um lado temos a família e os amigos a pressionar e a incentivar-nos a tomar essa opção, mas por outro lado temos conhecimento que essas experiências nem sempre terminam bem e muitas vezes criam-se fendas perigosas no seio familiar ou no nosso círculo de amigos.

É uma decisão difícil mas que tem de ser tomada por quem de direito e com a consciência que seja ela qual for terá sempre repercussões. Se ajudar essa pessoa e correr mal ninguém estará lá para o ouvir ou tentar perceber porque correu mal e vai acabar por ter que lidar com um problema talvez para o resto da vida. Se não ajudar estará a ser impiedoso para com os seu amigo ou familiar que está no desemprego e em vez de o ajudar prefere escolher outra pessoa que não conhece.

Cursos de Formação com Desconto →

Nós todos somos diferentes em casa, com os amigos e no trabalho, não porque mudamos de personalidade mas simplesmente porque mudamos o nosso chip. Podemos ser muito afáveis em casa ou com os amigos mas quando estamos no emprego somos mais concentrados, mais bruscos e com tendência a brincar menos.

Mas nem sempre as coisas correm mal entre amigos e familiares nos negócios e existem imensos exemplos em que tudo corre bem, porque as pessoas envolvidas conseguem compreender que o trabalho é uma coisa e a vida lá fora é outra. É preciso saber distinguir muito bem as coisas e não guardar ressentimentos quando algo acontece entre ambos, tanto no emprego como fora dele.

Está a considerar contratar um amigo ou familiar? Esteja atento a estas “armadilhas”.

Os estilos de trabalho podem ser diferentes

Todos nós temos maneiras diferentes de lidar com o trabalho, uns são mais concentrados e vivem o emprego de forma exaustiva enquanto outros podem preferem conversar um pouco mais e estar mais relaxados. Estes diferentes estilos podem colidir e portanto convém esclarecer tudo muito bem antes de se iniciar uma aventura em conjunto.

Salários e prémios

Se está a pensar contratar um amigo ou familiar trate de lhe oferecer as mesmas condições ou idênticas aos outros colaboradores. Se oferecer melhores condições estará a comprometer a sua decisão e a criar conflitos internos com os outros trabalhadores.

Mantenha a amizade fora do local de trabalho

Nem todos os amigos ou familiares existem para trabalhar em conjunto e é normal que se criem fraturas nas relações. É importante separar as águas quando estão no trabalho e não mostrar demasiada amizade, ao mesmo tempo não devem também falar de trabalho quando estão fora do negócio nomeadamente em reuniões familiares ou em saídas à noite com os amigos.

Nós ajudamos a encontrar
o emprego certo para si.

Nós ajudamos a encontrar os
candidatos certos para a sua empresa.