Como recuperar de um despedimento

Homem triste

Por em Aconselhamento


Ser despedido é uma situação incómoda e muitas vezes imprevisível, deixando-nos à beira de um precipício sem nada onde nos possamos agarrar.

O despedimento pode ser causado por vários motivos tais como termos sido maus funcionários, termos tido um mau desempenho, termos tido maus patrões ou colegas de trabalho, etc. Independentemente do motivo, a notícia pode surgir de surpresa e quando menos esperamos.

No dia em que isso acontece tudo desaba nas nossas vidas, vamos ficar sem dinheiro para sustentar as nossas famílias, podemos perder a casa, o carro, e vamos ter que fazer imensas coisas para conseguir sobreviver. Dormir não vai ser fácil e tudo nos vai passar pela cabeça durante a noite até altas horas da manhã.

Cursos de Formação com Desconto →

Você não irá conseguir pensar corretamente nos dias seguintes ao seu despedimento, a sua cabeça irá estar atolada de problemas e consequências trágicas que só se resolvem com um ordenado mensal na sua conta. Tudo o que lhe disserem será em vão, e tudo aquilo que você tentará fazer para suster este derrame será inconsequente.

Faça apenas uma coisa por dia

Recuperar de um drama tão complicado como um despedimento requer medidas cautelosas e pouco agressivas, por isso é preciso ter calma e tentar fazer tudo o que é possível para restabelecer primeiro a sua autoconfiança.

É preciso voltar a dormir bem, pelo menos as 8 horas recomendadas todos os dias, não beber bebidas alcoólicas e muito menos ler ou ver notícias.

Depois de conseguir superar o choque inicial e estar compenetrado em dar a volta por cima é necessário começar devagar fazendo algo importante todos os dias.

Agende

Estar com pessoas que não vê há muitos anos injeta-lhe uma nova dose de confiança e apaga as más memórias recentes. Tente agendar conversas e encontros com pessoas que não vê há bastante tempo e com as quais gostaria de reativar conversações.

Tenha ideias

Aponte as empresas as quais gostaria de trabalhar e enumere 10 soluções para cada uma delas. As empresas não querem contratar apenas para fazer número, elas procuram soluções para resolver os seus problemas internos e de mercado.

Acorde cedo

O dia começa cedo e numa situação de desemprego também devemos fazer um esforço para nos mantermos vivos e não cedermos ao desespero. Acordar cedo e fazer algum exercício físico melhora os nossos dias e mantém-nos frescos para os novos desafios que se avizinham.

Corte

Com um despedimento é normal termos que mudar alguns hábitos e ter de cortar em muitas despesas, por isso é fundamental elaborar uma lista de gastos e começar a cortar. Elabore depois uma lista do pior cenário cortando para além do seu limite. Tenha sempre em mente o pior cenário possível e viva melhor com aquilo que decidiu cortar.

Reconectar

É importante voltar a falar com ex-colegas, profissionais do seu sector, ex-clientes, etc. Quando estiver preparado volte a estar com quem passou os últimos anos sem qualquer preconceito ou vergonha, você está a passar uma fase complicada e a ajuda deles é fundamental para você voltar ao ativo. Ao mesmo tempo procure encontrar soluções para os problemas deles, porque apesar de não poder voltar à mesma empresa estará a demonstrar fortes capacidades para encontrar emprego em qualquer outra empresa – e nisso eles podem ajudá-lo/a.

Nós ajudamos a encontrar
o emprego certo para si.

Nós ajudamos a encontrar os
candidatos certos para a sua empresa.