5 Hábitos que deve evitar no local de trabalho

Homem a mexer no telemóvel

Por em Aconselhamento


Depois de algum tempo a trabalhar numa empresa acabamos por criar hábitos, uns por força da cultura da empresa, outros por iniciativa própria.

Ter hábitos é bom se os mesmos forem saudáveis. Chegar cedo ao trabalho, não estar sempre a correr para ser o primeiro a sair, pausar para ingerir alimentos, ser afável e cultivar um bom ambiente de trabalho, etc. São tudo bons hábitos que enaltecem a sua personalidade e profissionalismo.

É natural que quando você vê outros colegas a chegarem constantemente atrasados ou a faltarem ao respeito à empresa que você tente fazer o mesmo que eles, aproveitando-se da cultura existente para criar esses maus hábitos.

Cursos de Formação com Desconto →

Mau planeamento

Para conseguir ser eficiente e dar resposta ao trabalho que lhe é solicitado constantemente você precisa de ser bem organizado e ter um planeamento. Se criar o hábito de fazer tudo em cima do joelho, haverá dias que não vai querer ouvir ninguém e o seu mau humor vais transparecer para todos os que se dirigirem a si.

Colocar a vida pessoal primeiro que o trabalho

No trabalho a vida pessoal só pode ultrapassar a profissional em casos esporádicos, não pode ser uma rotina. Você não pode estar constantemente ao telefone, a enviar SMS, estar nas redes sociais, etc., isso são tudo questões que pode resolver fora do local de trabalho em alturas próprias. No trabalho é para você dar o máximo para que a empresa possa facturar, e as questões pessoais só em casos de emergência.

Nunca cumprir os horários

Já falámos na importância de chegar cedo e não falhar os compromissos. Se tem dificuldade em levantar-se da cama leia o nosso artigo “Como perder o hábito de chegar tarde ao emprego?“.

Comportamento rude e irreverente

Os comportamentos ditos diferentes do habitual muitas vezes estão associados a outros factores externos psicológicos que nem sempre estão relacionados com o local de trabalho. A pessoa por si própria deve ter o discernimento para perceber e corrigir os mesmos com o apoio de algum colega. Se não conseguir mudar os seus comportamentos terá que recorrer a alguém especializado como um psicólogo, para que possa minimizar o impacto destes no local de trabalho.

Não fazer pausas

É importante fazer uma pausa de vez em quando para reequilibrar as forças, a concentração e sobretudo relaxar em termos físicos. Mesmo as empresas têm que ter noção que o rendimento de um trabalhador não se mede pelas horas de trabalho seguidas, mas pela qualidade do que produz. Sem pausas essa qualidade diminui substancialmente.

Nós ajudamos a encontrar
o emprego certo para si.

Nós ajudamos a encontrar os
candidatos certos para a sua empresa.