Trabalhar na União Europeia

União Europeia

Por em Sites Informativos


Conseguir um estágio ou trabalhar numa instituição da União Europeia poderá ser uma excelente rampa de lançamento para a sua carreira, e este site pode ajudar.

Se é cidadão Europeu, desempregado ou recém licenciado e acredita no projeto Europeu, este site é indicado para si.

O sítio na Internet ‘Trabalhar na União Europeia’ é a página oficial em português gerida em colaboração pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros e o Eurocid (Centro de Informação Europeia Jacques Delors).

Cursos de Formação com Desconto →

Neste portal os utilizadores têm a oportunidade de consultar diversas informações acerca de oportunidades em instituições europeias. Este serve também para destacar funcionários públicos que tenham competências raras, e que podem ser úteis num intercâmbio de experiências a nível europeu.

Empregos numa Instituição Europeia

Trabalhar numa organização europeia pode ser considerado um emprego estimulante e desafiador. Os candidatos selecionados irão ter a experiência de trabalhar com altos quadros europeus de diferentes países, com uma grande variedade de línguas e multi-cultural.

As ofertas são variadas e os vínculos podem ser permanentes, temporários ou de especialidade.

O processo de recrutamento é iniciado após a abertura do concurso, e os candidatos que manifestem interesse com uma candidatura estarão sujeitos a diversas avaliações. São disponibilizadas informações, testes e livros de apoio através do site do EPSO (Serviço Europeu de Seleção de Pessoal), e ainda sessões de formação em Bruxelas.

Estágios remunerados

Os estágios remunerados em instituições europeias são bastante aliciantes para jovens que procuram ter uma experiência única, e valorizar o seu CV.

Estes não têm a mesma dificuldade no processo de seleção que os concursos de emprego, mas é preciso ver que estamos a falar de vagas a nível europeu e a concorrência estende-se também a outros países.

Os estágios podem ser até 3 meses, de 3 a 6 meses ou mais de 6 meses. Podem candidatar-se cidadãos europeus com um nível académico secundário, pós-secundário, frequência universitária, licenciatura e níveis superiores a este último.

Endereço

Nós ajudamos a encontrar
o emprego certo para si.

Nós ajudamos a encontrar os
candidatos certos para a sua empresa.