Subida de 10,8% nos negócios da indústria, durante o mês de Maio

oij

Por em Notícias


Esta subida deve-se a efeitos de calendário, ou seja o mês de Maio teve mais dias úteis que Abril e mais um que Maio do ano transacto.

Foi a terceira e maior subida do ano e deveu-se ao crescimento dos mercados externos, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística.

Em todas as áreas se registaram crescimento, no mês de Maio, à excepção da energia. No caso dos bens de investimento passaram de uma variação negativa para positiva.

No caso da energia, o mês de Janeiro foi o que registou um crescimento maior de 14,8%, seguindo-se o mês de Março com 13,8%.

Também houve subidas nas percentagens dos índices de emprego, remunerações e das horas trabalhadas na indústria, comparativamente aos registados no mês de Abril.

Nós ajudamos a encontrar
o emprego certo para si.

Nós ajudamos a encontrar os
candidatos certos para a sua empresa.