Portugal é dos países com mais recibos verdes falsos

Recibos verdes

Por em Notícias


Este problema alastrou entre os anos de 2010 a 2015 e Portugal tem o segundo registo mais elevado da Europa, com quase 4% do emprego, o que equivale a cerca de 150 mil pessoas.

O número crescente de falsos recibos verdes não tem a ver com o desejo das pessoas terem mais autonomia e flexibilidade no seu trabalho, mas sim com as regras impostas pelos empregadores. Além de aumentar a precariedade, pois estes trabalhadores não têm contrato, estes são registados como independentes mas partilham algumas características dos trabalhadores por conta de outrem.

Os trabalhadores com os falsos recibos verdes recebem um salário mensal bastante inferior aos trabalhadores com contrato, cerca de 67% dos salários destes últimos.

Nós ajudamos a encontrar
o emprego certo para si.

Nós ajudamos a encontrar os
candidatos certos para a sua empresa.