Há menos estrangeiros a trabalhar em Portugal

Elétrico de Lisboa

Por em Notícias


Em termos de percentagem são menos 31% e estes trabalhadores estrangeiros equivalem a 2,2% do trabalho no país.

Esta tendência, de descida, tem vindo a registar-se desde 2009, com excepção do ano passado.

Em 2016 entraram quase 47.000 estrangeiros no nosso país, mais 9.000 que no ano transacto. Em termos de nacionalidades, em primeiro lugar vêem os brasileiros, mas também há mais franceses, ingleses, chineses e italianos.

Estes trabalhadores caracterizam-se por serem indiferenciados, ou seja com profissões não qualificadas e sendo a maioria composta por mulheres a trabalhar no sector dos serviços e auferindo um salário até 600 euros.

Pessoas com formação em ciências ou em actividades intelectuais, equivalem a 8,9% da força de trabalho estrangeira em Portugal, no ano passado.

Nós ajudamos a encontrar
o emprego certo para si.

Nós ajudamos a encontrar os
candidatos certos para a sua empresa.