Diferença de salários entre homens e mulheres quase duplicou nos últimos 10 anos

pessoas

Por em Notícias


Em 2006, a diferença era de 8,4% contra os cerca de 15% em 2014. Apesar de os homens ganharem bem mais que as mulheres, no nosso país, esta percentagem ainda é menor do que a média europeia.

Nesta próxima quinta feira, dia 3 de Novembro, assinala-se o Dia Europeu da Igualdade Salarial e de acordo com dados da União Europeia, os homens são quem mais ganha na UE. Onde os salários são mais desiguais, é na Estónia, onde os homens ganham mais cerca de 28,1% em relação às mulheres. Onde esta percentagem é menor, é na Roménia, onde eles ganham mais 4,4% que elas. Estas percentagens dizem respeito ao ano de 2014.

Pelo menos duas das razões para esta diferença de salários, são os postos de gestão e supervisão, serem quase sempre ocupados por homens e são mais bem remunerados. Também são os homens, os que são promovidos com mais frequência.

As mulheres, maioritariamente, exercem profissões como o ensino ou as vendas, onde auferem salários bem mais inferiores que os homens, embora eles também tenham profissões predominantemente masculinas e que exigem o mesmo grau de experiência e de formação que elas, mesmo assim recebem salários superiores aos delas.

Remuneração inferior à hora, menos horas de trabalho em actividades remuneradas e interrupção das carreiras, para se poderem dedicar a filhos ou familiares, são desvantagens com que as mulheres se deparam e que fazem com que haja esta disparidade salarial.

Além destas tarefas, as mulheres também se dedicam ao trabalho doméstico, cerca de 26 horas por semana, ao passo que os homens gastam, em média, cerca de nove horas semanais, para desempenhar este mesmo trabalho.

Muitas vezes, estes factores levam a que as mulheres optem por um trabalho em tempo parcial (uma em cada três), ao passo que os homens também o façam (um em cada dez).

Claro que isto tudo leva a que se tenham descontos menores sobre salários menores e consequentemente reformas também menores quando comparadas com as dos homens, o que faz com que muitas mulheres se encontrem numa situação de pobreza durante a velhice.

Nós ajudamos a encontrar
o emprego certo para si.

Nós ajudamos a encontrar os
candidatos certos para a sua empresa.