Custos salariais subiram 1,5% face ao ano passado

Carteira com moedas

Por em Notícias


Quem alerta é o Instituto Nacional de Estatística (INE). Embora alguns custos tenham subido outros caíram ligeiramente.

Estes dados referem-se ao terceiro trimestre, em termos homólogos.

A variação entre estes dois anos resulta da subida de 1,3% do custo médio por empregado e da descida de 0,2% do número de horas efectivamente feitas pelo trabalhador.

Em todas as actividades verificou-se o aumento dos custos salariais, enquanto a descida dos outros custos apenas aconteceu na Administração Pública.

Foi no sector público e na construção que se verificou a redução do número de horas efectivamente trabalhadas.

Nós ajudamos a encontrar
o emprego certo para si.

Nós ajudamos a encontrar os
candidatos certos para a sua empresa.